terça-feira, 24 de abril de 2012

Não ser perfeito é normal,


Olá queridos internautas oficiais do blog de Hamlet, estou de volta depois de um tempo sem postar. Estar sumido da internet, pelo menos pra mim, tem um ponto positivo, sinal de que as coisas estão indo bem, e o trabalho tem tomado meu tempo, logo o sucesso profissional está a caminho, enfim, estou feliz com tudo que tem acontecido em minha vida. Recentemente ocorreu uma situação que é digna de postagem: vamos lá, na escola onde trabalho tem uma pessoa que nesse texto vou definir como: “Mulher Invisível”, quando comecei a trabalhar aqui senti certo medo de me aproximar, sabe aquele jeito explosivo de quem não tem papas na língua e fala o que quer? É ela, a Mulher Invisível. Mas espera aí Diogo, dentro da descrição, é meio impossível essa mulher ser invisível. Era exatamente aonde eu queria chegar, a Mulher Invisível, tem um potencial extraordinário, durante minha trajetória pela a vida encontrei raríssimas pessoas que têm tanto talento para diversas coisas ao mesmo tempo. É o tipo de pessoa que se o cara quer que a empresa dele vá pra frente coloque-a como economista: absolutamente nada vai ter uso além do necessário. Minha admiração por ela é clara, me identifiquei em contados minutos depois que a conheci, adoro pessoas espontâneas, que não tem medo de falar o que querem, que gostam de participar, que tem sempre uma piada pra te fazer sorrir. Diogo. Entendo sua admiração por ela, só não entendo o porquê de Mulher Invisível. Ok, Ok, já estou chegando ao porquê desse nome. Quando mudei de emprego, não mudei por que tinha problemas de relacionamento, mudei por questões financeiras e por estar buscando uma experiência acadêmica para meu currículo profissional, desde que entrei na primeira empresa que trabalhei decidi ser uma pessoa amável com tudo e com todos, assim vou ter ao longo da minha vida uma recíproca verdadeira de todos que cruzarem meu caminho, respeitando o espaço de cada um; eu brinco com todo mundo, passo o dia tentando fazer alguém rir, mas nunca, acho que vale a pena repetir, NUNCA, invadi o espaço de ninguém, acredito fielmente que o respeito cabe em qualquer lugar. A Mulher Invisível tem um defeito, que agora sim explica o porquê do nome, ela simplesmente não consegue se libertar da sua inconstância, você nunca sabe quando vai vir um sorriso ou quando vai vir a uma patada, você nunca sabe quando ela está acessível e quando não quer papo, você nunca sabe, quando ela quer ser legal ou quando ela não está nem aí pra você, você nunca sabe, quando ela vai te ajudar ou quando ela vai te prejudicar, e isso a longo prazo, apaga a pessoa do seu convívio, por que essas variações de humor não são atrativas, as pessoas não gostam de estar perto de pessoas assim. E tanto talento, tanta dedicação, tanta energia pra produzir no trabalho acaba sendo em vão, ninguém nota, ninguém valoriza, ninguém vê com bons olhos, por que as pessoas não mais a admiram e sim a suportam. Entender o ser humano é uma tarefa difícil, mas se eu tivesse o poder de mudar alguém essa seria uma pessoa que com certeza valeria a pena mexer em alguns tópicos, assim eu teria a minha volta uma aliada do projeto espalhar o riso, uma parceira de trabalho, uma amiga pra todas as horas e uma profissional invejável, mas infelizmente não tenho o poder de mudar ninguém e ela errou comigo.

Ps.: Eu não consigo deixar de gostar dela, afinal, pra mim ela ainda é visível. (só estou chateado)

Diogo Hamlet

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Sistema COC


Olá pessoas internéticas e blogueiras de plantão, hoje quero compartilhar com vocês um acontecimento que pode de alguma forma ser útil a você, que pacientemente está sempre por aqui lendo meu blog. Sou responsável pela a rede social de onde trabalho e uma das inúmeras postagens que temos, recebemos um comentário um tanto quanto preocupante e logo saberão porque. Pulando essa parte da história, vou direto para o que mais me chamou a atenção nos acontecimentos, uma tia/madrinha de uma menina insatisfeita com a facilidade que a escola tem de educar, com estratégia, qualidade, deixando criança ser criança, ousou comentar sua comparação com a escola onde seu filho atualmente está matriculado, valendo muito a pena ressaltar que, anteriormente esse mesmo filho estava matriculado nessa escola da qual mencionou a errônea falta de decoro educacional. Agora que você já sabe o que por alto aconteceu, vou tecer minha opinião sobre os fatos, LINKANDO, tudo “em atitudes” que vão esclarecer o ocorrido. Em toda a minha vida/história, como aluno/professor, nunca encontrei pessoas com tamanha qualidade de ensino, como vejo atualmente onde trabalho, pode parecer favorecimento pelo o fato de ser meu emprego. Engano seu. A professora na qual foi diretamente ofendida com a pseudo razão da tia/madrinha, é a professora mais competente da escola, dentro dos termos que eu acredito que um professor tem que ter. Criativa, bem humorada, séria, sorridente, respeitosa, meiga, atenciosa, domina com muita propriedade tudo que ensina, usa de ferramentas diversas para ensinar, fugindo do padrão acadêmico escasso, obsoleto na sua totalidade. Se um dia eu tivesse uma escola a primeira professora que contrataria com certeza era essa, que a partir de agora vamos chamar de “M do Xuxa”. Então, hoje eu percebi o quanto ela ficou triste e meditando sobre as reclamações. Nesse post eu quero dizer a você que passa por injustiças de pessoas que não sabem nem de longe o potencial que você tem. Nunca mude por que alguém acha que você não é bom(a) o suficiente, não deixe que pessoas de instrução relativamente inferior as que você tanto buscou, tirar o sorriso do seu rosto, olhe pra frente, ignore essas miniaturas de pessoas, insignificantes, que insatisfeitas com sua superioridade tentam te derrubar, creia que existe um Deus que é justo e que honra aos que merecem honra, seja sempre correta e profissional como você sempre foi, que o número de pessoa que te admiram sufocam todos os que não te conhecem e te julgam, ignore pois o veneno só faz mal se você engolir. Um salve pra você que me ensina muito, todos os dias M do Xuxa.

Diogo Hamlet 

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Ontem, Hoje e pra sempre



“A Sexta-Feira Santa, ou 'Sexta-Feira da Paixão', é a Sexta-Feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.” (Wikipédia). Um dia de reflexão, onde todos nós lembramos de Deus ou não. Existem aqueles que não acreditam em Deus e ao longo da minha vida tenho aprendido a respeitar essas pessoas, algumas nos ofendem com suas incredulidades, outros mantêm sua opinião sem invadir a sua. O que quero nesse  texto hoje é dizer que o sacrifício de Jesus não foi em vão e sou uma pessoa que valoriza isso. Hoje em especial acordei bem cedo e enquanto cumpria minhas obrigações como marido (Lavando louças e arrumando casa), orei agradecendo a Deus pelos meus amigos, minha família, aos que estão a minha volta, aos que ainda não conheci, aos que conheci e sumiram e em especial a “minha esposa e filha”,  creio que Deus tem um propósito, um plano, um sonho de ver a humanidade melhor, vivendo com mais amor, com mais dedicação ao próximo, sem visar seus próprios interesses, isso depende muito mais de mim e de você do que qualquer outra manifestação em massa, por isso vou tentar deixar algumas palavras poéticas em homenagem aqueles que fazem parte e diferença no meu dia a dia.


Seja Martes ou Gomes Martes minha primeira visão do dia
Deus sabe que de verdade só me dão satisfação e alegria
Seja estudando ou trabalhando, seja Sobral ou Luiz
Momentos raros e constantes que sempre me deixam feliz

Seja do lado de cá ou do lado de lá, seja Pereira de Almeida ou seja Estrela
A qualquer hora e lugar tenho garantida essa amizade verdadeira
Seja muito cedo, ou seja tarde, seja Habakuk ou seja Godoi
Só de pensar na possibilidade de um dia não ter, só eu sei como dói

Seja Augusto ou Silva Paulo, seja Mendes ou Herrero
Um dia vou conseguir juntar pra Sobradinho entrar em desespero
Seja Alves, Seja Whendy, seja RJúnior ou seja Fonseca
Fico aqui procurando tempo pra encontrar, sempre no coração nunca esqueça

Seja LSouza ou seja Helena, seja KVitor ou seja Reis
A minha vida nunca seria a mesma sem o carinho especial de vocês
Seja Sant’Anna, seja Neto, seja Pinheiro ou Macedo
Me jogo de cabeça na amizade, enfrento tudo não tenho medo

Seja Moura, Martins, Monteiro, Ferreira, Feitosa
Não existe nada melhor que desfrutar dessa amizade gostosa
Seja presente ou não, seja Brito, seja Batista dos Santos, 
Adoro aprender sobre tudo com a beleza dos seus encantos

Seja os que ficam ou seja os que vão, seja quem é ou seja que não foi
Seja você ou seja eu, seja nós, seja vós, seja eles, seja a qualquer dia,
Seja a qualquer hora, guardados nos meus arquivos, sem hipocrisia, sem demagogia, AMIGOS.

Amizade, não é receber, é dar, não é magoar, é incentivar, não é descrer, é crer, não é criticar, é apoiar, não é ofender, é compreender, não é humilhar é defender, não é julgar, é aceitar, não é esquecer, é perdoar, amizade é simplesmente amar.

A você meu amigo que garante a minha vontade de viver, essa singela homenagem.

Diogo Hamlet