domingo, 30 de junho de 2013

Minha outra metade


Amor, quando acordo pela manhã, sinto algo diferente em meu ser, abro os olhos e ao te ver deitada dormindo ao meu lado, uma mulher linda que no embalo de seu sono com suspiros profundos me faz transformar em um homem mais rico do mundo, pois o diamante lapidado que reflete me mostra a face de uma princesa que irradia paz e alegria me contagiando com seus raios de amor e paixão.
Te amo e agradeço a Deus todos os dias por me contemplar com o mais lindo tesouro que estava guardado no céu.  Você princesa, você meu anjo, você minha esposa que tanto adoro e fascino. Aprendi a conhecer você, assim como os pássaros conhecem seus ninhos, sem dúvida num vôo livre, que se abre no infinito. Aprendi a caminhar com você, assim como as estrelas respeitam o brilho da lua, que sabe que como aquela só existe uma única no mundo. Aprendi a brigar com você, assim como as ondas do mar que brigam e se debatem inutilmente, para depois se transformarem em espumas suaves na areia. Aprendi a entender você, assim como as montanhas entendem as nuvens e se esticam como se pedindo chuva para os seus campos secos. Aprendi a amar você, assim como os pássaros amam a liberdade, os rios amam suas águas, as estrelas amam o céu, as ondas amam o mar, as montanhas amam seus campos. Aprendi a amar você como o mais puro e sublime sentimento, assim como Eu Amo DEUS eternamente.

Telma Martes TE AMO!!!


Diogo Hamlet

sábado, 29 de junho de 2013

A Música


Existe no mais intimo de um vivente, uma reserva de energia
Escondida armazenada que, erradia com forte lapso de alegria
É invejável conhecer e não dominar a força que música pode mostrar
Até o mais inapto de todos, pode sorrir e reagir, só ela pode te libertar

Uma criança pode aprender a beleza da música, sem aprender partituras
Sem notas, sem pautas, só as melodias mais gostosas o levaria as alturas
Ouviria os instrumentos que fazem a música, encantada com o poder do som
Sozinha iria sentir, bolinhas pretas escrita em cinco linhas, descobriria seu dom

Bolinhas pretas e cinco linhas é a produção da beleza musical
O prazer de conhecer a música antes, é consequência do principal
Nunca encontrei a saída perfeita. Uma boa melodia sempre me diz o que fazer
Olhos fechados, ouvidos atentos, o mundo girando e facilmente esquecer

Seja o Rapernejo, Metalospel, MPBock, o ritmo que te agradar, o que tocar
A afinação da prega penetrada, de ponta a ponta dos tímpanos te faz gritar
O Silêncio do seu grito, sopra seco no derramar de suas lágrimas a escorrer
Me rendi aos mistérios da música, hoje valorizo um detalhe simplório que é Viver


Diogo Hamlet

quarta-feira, 26 de junho de 2013

O Patriota

Brasil, o país do fubebol, país da seleção
Se você não é daqui, não tem nenhuma noção
Não temos dinheiro, saúde e não temos educação
Mas assim como somos bons de bola, somos bons na manifestação

O desejo do povo é que não tenha copa no Brasil no ano que vem
Não é pelo turismo, não é pela imagem internacional, é pela estrutura que não tem
Meu país é o melhor do mundo, mas tem um defeito horrível, vive de aparências
E para manter esse padrão ridículo, gastou mais do que podia, sem transparência

Brasileiro grita, briga, e vai atrás, acordado,
mas quando dorme escolhe errado o candidato
Acredito na luta por um Brasil melhor,
vamos pra rua mostrar nosso poder, saímos do anonimato
Seremos campeões no domingo, ou seremos campeões
na segunda, mas luta sempre continua
Tem os que assistem futebol e vibram em família,
outros preferem continuar no grito de vem pra rua Brasília

O que ninguém sabe, o que ninguém comentou é:
que somos lutadores e sempre gritamos gol
Gol pela derrubada de uma lei absurda,
Gol por uma geração de jovens que realmente acordou
Respeitamos quem luta nos protestos,  respeitamos quem assiste televisão
Respeitamos quem não faz nada, respeitamos quem da copa abre mão

Patriota nesse país tem motivos para se orgulhar,
lutamos por um Brasil digno de se visitar
A humanidade tem que levar tudo como lição,
cuidamos uns dos outros sem hesitação
O governo nesse pais pode até tentar,
o povo é que decide o que se deve mudar
Posso não ver o Brasil o orgulho do mundo,
mas vou fazer parte da história, vou sempre acreditar
por que como um bom patriota, não paro de lutar.

Diogo Hamlet

terça-feira, 25 de junho de 2013

Conceição

A primeira de quatro, um pouco dos três;
Todos ao extremo e ela um de cada vez;
Foi metal, foi antissocial, foi excluída;
Honrada, renovada e bem sucedida;

Sofreu, brigou e discutiu com o coração;
Esse sempre foi o inimigo, agressor, caçador de confusão;
Ela encontrou, casou e sumiu, voltou ficou e ele sumiu;
Outra vez a guerra começou, ninguém falou, mas Deus agiu;

Hoje o mundo parecer ser espinhoso, a batalha ainda não acabou;
 Trabalho, ministério, casa e dedicação, Deus com seu amor sussurrou;
Filha, você resistiu, acreditou e nunca abriu mão de me buscar;
O seu tempo tá chegando, AINDA TEM MAIS, eu vou te honrar.


Diogo Hamlet

domingo, 23 de junho de 2013

Dia desses

Noite de rua cheia e lua vazia minguante 
Observando as folhas conduzidas pelo vento;
A sincronia do anoitecer clareando o caminhar;
O papel suplicando uma parceria constante;
Pessoas, sons, cores, paisagens tudo me olha;
Vejo ela nos desenhos da faixa de pedestre;
Ouço música no barulho do vento soprando sol maior;
Sonho com o dia que vou inalar arte ao abrir os olhos.

Diogo Hamlet

sábado, 15 de junho de 2013

Copa das Confederações


Brasil vai jogar depois de muito tempo, em sua capital;
Um time de fora que veio participar, não tinha onde treinar;
Que isso meu Brasil? Não é assim que somos como anfitrião;
Mas não se preocupem patriotas, não há com que se preocupar;

O Rico em cadeira nova, conforto e ingresso caro ;
Protegido, gritando com a torcida animada;
O pobre, sendo espantado de perto do meu camaro;
Ganha show gratuito, em pé com famosos na esplanada;

Em Brasília, tudo é festa  em tudo se leva proveito e;
Passagem de ônibus aumenta e manifestantes vão pra rua;
Enquanto os políticos enganam o pobre para ser eleito;
As lojas de eletrodomésticos: “Essa TV pode ser sua”;

Enquanto Brasília, a capital do Brasil se afunda no caos;
Gastamos o que não temos pra se igualar ao social ;
Sorridentes brincamos com a crítica das placas da copa;
Quando tudo isso acabar, voltamos ao ponto inicial;

Vou me prepara para o  jogo em casa com a família;
Camisa do Brasil, pipoca e muita animação;
Mentira, vou ler um livro e tomar meu shake de baunilha;
Sou velho, ranzinza, desertor e hipócrita na sua opinião;

O Brasil vai sediar uma copa, duas copas, uma dívida alta;
O governo se preocupa com isso? Não, você quem paga;
Devemos nos isolar e não aproveitar ? Não é essa a pauta;
Quero ativar sua reflexão, se não gostou, apaga.


Diogo Hamlet

terça-feira, 11 de junho de 2013

Petrificado

Hoje acordei racista, vou banir o preto
Ao sair do estado de escuridão noturna
Tomei um autêntico e puro café da manhã
Vesti minha melhor camisa, estou de luto

O preto não merece está entre nós
Ao trocar o pneu do carro tive ajuda do macaco
Ao assinar um documento só tinha caneta preta
Ao voltar pra casa já estava tudo escuro

Tentarei usar outras formas de banir o preto
Resolvi ser lutador, vou treinar até a faixa...Droga
Vencerei o preto dormirei de luz acesa, sempre
É só trancar a casa ás 18h e só abrir as 05h.

Meus textos serão verde, minhas fontes coloridas
Vou mudar a escrita, vou fazer churrasco a lenha
Vou parar por aqui, vou dormir a coisa tá ficando ... Droga
Preciso acordar cedo, amanhã é dia de... Droga


Diogo Hamlet

sábado, 8 de junho de 2013

Piscicopatologia

 
Quem não teve aquele momento, TENSO?
Estado de complicações psiquiátricas;
Reflexivo desanimador, intrínseco desmotivador;
Psicose maníaco-depressiva, tristeza intensa;

Quem não teve aquele momento, JULGADO?
Nossa quanta falta de Deus na sua vida!
Sua mulher dormiu de calça jeans?

Vou orar por você querido, isso pode ser espiritual.

Quem não teve aquele momento, VOLTA POR CIMA?
Se estagnar no problema e reclamar não resolve
Erguer a cabeça olhar pra frente e buscar superação
Deve, pode, é e sempre será a única opção valida.

Quem nunca teve aquele momento, SOLIDÃO?
Preciso de apoio, alguém pode me ajudar
Preciso fazer isso sozinho ninguém pode me ajudar
Preciso fazer isso, mas ninguém me incentiva, preciso ser forte.

Quem não teve aquele momento, AQUELE MOMENTO?
Melancolia, Alegria, Dificuldade, Vitória, Pra baixo, Alto em cima
Cheio de amigos, Sozinho no mundo, Na boca de cena, Na ultima fileira
Realizado, Sem futuro, Apaixonado, Odioso, SER HUMANO.

Eu fui assim, eu sou assim, serei assim, assim sou eu.
Erro, acerto, mas vivo em busca do que é certo
Certo ? O que acredito ser certo , vida perfeita existe?

Existe sim, mas, só no Facebook.

Diogo Hamlet

Amor? Dinheiro? = Casamento? Separação?

Quer falar de amor? Não me chame
Não sei o que significa, não mesmo
A melhor amiga que você se casou é amor?
O par perfeito que você sempre sonhou é amor?

O amor ele consistem em não consistir 
O amor tem o poder de não ter poder
O amor nasce exatamente quando ele morre
O amor une as diferenças e separa os corações

O amor é rico em pobreza e pobre em riqueza
O amor dura pra sempre até depois de amanhã
O amor nasce aos 12 e morre aos 16
O amor é maduro aos 30 e idiota aos 20
O amor é... Que amor? Isso é amor? Amo se define?

O amor só é amor quando se sente
O amor só se assume amor quando não se tem ninguém para amar
Dizer que mulher é complicada, o amor é professor feminista
Se um dia descobrir o que é o amor, guarde pra você
Se um dia encontrar um grande amor, belisque –o
Acorde e vá trabalhar, por que amor não nasce em árvore
E não existe amor que resista a falta de dinheiro.

Diogo Hamlet

O Trabalho dá Trabalho

Porque devo acreditar em você?
Vai me dizer que te deu branco?
O que eu não fiz pra merecer isso?
De repente escureceu tudo? É eu cheguei

Por que devo continuar aqui?
Se lembra de quando me fez sorrir com promessas?
Está claro que fiz de tudo pra ser o melhor, sempre obrigado a isso
O melhor agora não basta? Não? 
Não mesmo? Seja melhor que você mesmo

Por que ainda estou aqui?
Eu nasci com promessas não cumpridas
Vou morrer com esperanças de se cumprir
30 anos vestindo a camisa, vira folha.

E agora? Paro? Tento outra vez? Desisto?
Tudo tem sua hora, tudo tem seu tempo
Que hora? Que tempo? Você não sabe
Você não esteve lá, ou esteve? Falou de mim?

Não quero brincar de esperança
Não quero caminhar sem reconhecimento
Não quero perder meu tempo, um dia chega?
E agora Tomé? Me diz que acha? Cansei.

Diogo Hamlet

O Tempo

E por falar em tempo, conversei com anos passados;
Naquela caminhada matinal revi fotos do oculto;
Não reconheci muitos protagonistas, fui cético.

E por falar em tempo, tu estava na caixa preta;
A lanterna velha com pilhas fracas trouxe de volta;
Pérolas, momentos, flash’s, saudade e pensamentos.

E por falar em tempo, sua visita sempre arranca sorrisos;
Não falo muito sobre você, não quero você por perto;
O que você fez me levou a dimensão negra e real.

E por falar em tempo, olha o quanto estrago você faz,
Olha quantas pessoas você leva, olha, olha de novo;
Não somos amigos, convivemos, nos suportamos.

E por falar em tempo, espero que não me odeie;
Esqueça minha família, esqueça meus amigos;
Não se aproxime , já sou obrigado a te suportar.

Diogo Hamlet